Afinal, você sabe o que é a diabetes? (e como ela age no seu corpo)

Muito se fala sobre diabetes, mas a verdade é que poucos a conhecem bem e muitos se colocam em risco. Entretanto, você pode evitar complicações se entender realmente o que é a diabetes e se levar sua saúde a sério!

O que é a Diabetes Mellitus

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, “Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue (hiperglicemia)”. Esse aumento pode estar relacionado a dois problemas diferentes:

  1. dificuldade ou incapacidade de produzir insulina;
  2. resistência das células à ação da insulina.

A insulina é o hormônio produzido pelas células beta, no pâncreas, responsável por levar a glicose para as demais células do organismo e transformá-la em energia. Na falta da insulina, ou se ela não é utilizada para as atividades celulares, como o esperado, o corpo deixa de receber a energia necessária para o seu bom funcionamento, assim a glicose que não é aproveitada se acumula no sangue (hiperglicemia), gerando uma série de complicações.

Diabetes Tipo 1

Quando o corpo não consegue produzir a insulina adequadamente, o açúcar consumido não é transformado em energia. Com isso, o organismo precisa que a insulina seja aplicada frequentemente para, assim, conduzir a glicose às células, gerando energia. Este é o caso daqueles que têm diabetes tipo 1 (DM1) e, portanto, são insulinodependentes.

Essa falta de insulina se dá porque o organismo desta pessoa cria anticorpos que destroem as células beta pancreáticas. Então, por ser uma doença autoimune, o pâncreas não consegue fazer o seu trabalho adequadamente, precisando de ajuda externa.

Geralmente a DM1 é adquirida por herança genética, atinge principalmente crianças e jovens (embora também possa ser desencadeada em outras idades) e seus principais sintomas são emagrecimento rápido, cansaço extremo, fome frequente e sede em excesso.

Embora a pessoa com DM1 tenha que conviver com a doença, é possível amenizar os sintomas e evitar complicações ao seguir o tratamento médico e adotar um estilo de vida saudável.

Diabetes Tipo 2

Já quem tem diabetes tipo 2 (DM2) consegue produzir a insulina (não insulinodependente) em seu pâncreas, mas esta não cumpre sua função adequadamente. Porque quando a glicose não é transformada em energia, o organismo aumenta a produção de insulina, na tentativa de viabilizar a sua ação nas células.

Esse esforço do organismo pode funcionar por um tempo, mas, se for recorrente, devido a uma má alimentação, sedentarismo e sobrepeso ou obesidade, chega uma hora que não consegue mais produzir a insulina. É quando a pessoa adquire a doença.

Porém, no caso da DM2 é possível “ajudar as células do pâncreas” a voltar a produzir a insulina. Para isso, o diabético precisa adquirir hábitos alimentares mais saudáveis, praticar atividade física e perder peso.

Diabetes Gestacional

A diabetes também pode acometer gestantes, especialmente no terceiro trimestre da gestação, por causa dos hormônios da gravidez. Pois esses hormônios podem gerar uma resistência à ação da insulina nas células, principalmente se houver histórico familiar da doença.Entretanto, embora os sintomas também apareçam na diabetes gestacional, acabam sendo confundidos com reações geradas pela gravidez (fome e sede em excesso, cansaço, aumento de peso, inchaço nas pernas e pés…).

Então é importante que toda gestante faça um teste de sobrecarga de glicose no terceiro trimestre (ou antes, se houver histórico familiar). Assim é possível identificar a doença a tempo, se estiver presente, e evitar complicações para a mãe e para o bebê, através de tratamento médico e controle da glicemia.

Vale ressaltar que a diabetes gestacional costuma ser transitória, então desaparece naturalmente ao término da gravidez. Mas é importante que haja um acompanhamento posterior, também, pois a mulher que a desenvolve fica mais propensa a ter DM2 de 10 a 20 anos depois, ou em outra gestação.

Sua saúde depende de você!

Sabendo o que é a diabetes e como ela age no organismo fica mais fácil entender a influência que os nossos hábitos exercem sobre a saúde. Perceba que na maioria dos casos a diabetes pode ser evitada ou controlada através de uma boa alimentação, da prática de atividade física, visita regular ao médico e da devida atenção aos sinais do corpo.

Portanto, não brinque com a sua saúde e valorize a sua vida. Cuide-se!

Um comentário em “Afinal, você sabe o que é a diabetes? (e como ela age no seu corpo)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *